Cultura Geral

Nova publicação evoca ligação entre D. Maria Bárbara de Bragança e o Palácio de Mafra

No âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, a 18 de abril, a Câmara Municipal de Mafra editou a obra “D. Maria Bárbara de Bragança no Palácio de Mafra”, da autoria de Sérgio Gorjão e com prefácio do Professor Doutor Vítor Serrão.

Esta obra ilustra a vida de D. Maria Bárbara, primogénita de D. João V e D. Maria Ana de Áustria, cujo nascimento, em 1711, está na génese da construção de um convento franciscano em Mafra, e faz a análise do retrato, segundo Jacopo Amigoni, pintor italiano na corte espanhola, que foi oferecido ao Palácio em dezembro de 2020.

Para além do autor e do prefaciador, a iniciativa contou com as intervenções do Presidente da Câmara Municipal de Mafra, Hélder Sousa Silva, do Presidente da Associação dos Amigos do Convento de Mafra, Rogério Bueno de Matos (entidade que adquiriu o quadro através da angariação de fundos), e do representante da Associação Portuguesa de Museologia, Pedro Inácio (entidade que atribuiu ao Palácio, em 2021, um prémio na categoria de incorporação de bens museológicos).

O evento culminou com um apontamento musical pela cravista Jenny Silvestre.“D. Maria Bárbara de Bragança no Palácio de Mafra” estará à venda no Palácio Nacional de Mafra e nos Postos de Turismo de Mafra e da Ericeira.