Geral Teatro & Cinema

“À GRANDE E À PORTUGUESA!

A comédia musical “À GRANDE E À PORTUGUESA!“, com Marisa Carvalho e Diogo Xavier, da Farrapo d’Arte – Associação Cultural, estará na Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva, na Ericeira, dia 20 de Janeiro, às 21h30.

Prepare-se para uma alucinante viagem numa máquina do tempo pelos séculos XX e XXI com muita música portuguesa, bastantes risos, personagens e dança que, ao longo de 1h30 minutos, irão deixar os idosos e os menos idosos com muito boa disposição. 

Os bilhetes têm o custo de 10,00€ e as reservas podem ser feitas através dos contactos 913436759 / 967449571 ou através do e-mail: [email protected] .

Sinopse

Imagine que encontrava uma máquina do tempo. Para onde queria ir? Para o futuro para fugir do covid? Agora imagine que a máquina, tal como a maioria das geringonças inventadas à pressão, não funcionava muito bem e o levava para o passado?

“À grande e à portuguesa!” é um espetáculo de luz, cor, muito riso e músicas intemporais, onde o público vai viajar connosco ao passado pela história do século XX e pelo início deste século XXI que continua a dar água pela barba e com tanto para contar.

Dois idosos regressam ao início do século XX e rejuvenescem tendo a hipótese de viver uma vida inteira outra vez. E uma vida duradoura porque eles vão diretamente “recambiados” para 1902. Mas não se preocupem, porque depressa eles avançam décadas fora. Mas face às épocas isso poderá ser considerado sorte ou azar…

Bem, mas nada como apertar o cinto e entrar connosco a alta velocidade nesta estonteante comédia musical movida numa máquina do tempo a petróleo, mas sempre muito bem acompanhada por temas que todos têm na ponta da língua, como músicas de Amália Rodrigues, Simone de Oliveira, Francisco José, Tony de Matos, Zeca Afonso, Carlos do Carmo e muitos mais!

Vai ter que agarrar a barriga, mas não é pela velocidade da máquina… É por tanto rir e por ser contagiado pelos ritmos e não conseguir parar de cantar. Preparados? Vamos regressar ao passado, mas à nossa moda: à grande e à portuguesa!